domingo, 12 de abril de 2009

domingo, 5 de abril de 2009

Algumas coisas que fiz em 2008 e fizeram o ano passar...

Rolex, o anti-velox
café
OTIMISMO
almoço
Medusa de rayban
janta
TERÇAS TEATRALES
empada
Fica-frio
pão
À QUEIMA-ROUPA
oficina de rádio
Estou preparado, Joe!
testes
POUCO CASO
testes
besteiras

Eu que aprenda a levantar

Ontem lá no Cidadão do Mundo, com o projetor plugado no micro, pude ver Maysa cantando em um programa Japonês. Eram oito da manhã e eu tava sózinho.Uma puta sensação de paz, momentos antes de começar minha oficina. Sabia que o dia seria desgastante, mas também sabia que conseguiria enfrentá-lo. Impressionante como a Maysa era bonita. Neste filme da Tv japonesa ela tá meio detonada...acho que por causa das noites regadas a calmante e wisky, dizem que ela era muito doida. Eu só sei que nas fotos dela mais jovem, ela se parece demais com minha mãe. Fico pensando em minha mãe quando jovem, meu pai se apaixonando por ela...essas coisas. Uma puta sensação de paz.

Meu mundo caiu : http://www.youtube.com/watch?v=BgkEb_EHaP0

sexta-feira, 3 de abril de 2009

A gente ainda acredita em feitiçaria e em pequenos momentos de alegria. A gente ainda acredita que o mocinho não vai nem se coçar quando o bandido adentrar o saloon e, com a arma engatilhada na mão esquerda sob o balcão, irá, em um único tiro, salvar nossa pele e nos oferecer uma rodada de whisky. A gente ainda acredita que é possível se esticar para pegar coisas que todo mundo sabe que jamais iremos alcançar. A gente ainda acredita que pessoas são capazes de se darem as mãos e selarem um acordo de paz. A gente ainda acredita que a música irá tocar para sempre e todos poderão dançar, tranquilamente, um último tango. A gente ainda crê que Deus, este enorme e poderoso "amigo", olha por nós todas as noites e que, no último momento de nossa vida arrancada à fórceps da alma, ainda assim nos perdoará por termos jurado todo o nosso amor em vão. A gente ainda acredita em tudo que falam, principalmente em tudo que falam da gente, bem alí, na nossa cara. A gente ainda acredita em quem ...a gente acredita, quem? Cara-pálida!

quinta-feira, 26 de março de 2009

Do lado de fora da cama

Dia duro pela frente. Como todos os outros dias, salto da cama e caio direto no front. É assim. Sempre será assim. Que bom que tem alguém preparando o café.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Tudo bem com vocês ?

Pois é, já faz tempo que não passo por aqui. Não vou dizer que foi falta de tempo nem de assunto. Talvez tenha apenas sido por eu achar que não tinha nada a dizer. Talvez tenha sido por falta de talento ou por desilusão. Talvez falta de vontade apenas. Tem tanta informação por aí. Tem tanta gente falando tanta coisa por aí. Resolvi escrever um pouquinho hoje. Nada de anormal está acontecendo não. Nada de novo está pegando comigo não. Não estou empolgado com uma nova peça de teatro, nem com um novo grupo de amigos, não estou esperando um filho, nem passei em nenhum concurso público. Também não estou depressivo e desnorteado tentando descarregar minhas neuroses em um espaço virtual. Não morreu ninguém na minha familia. Não me apareceu nenhuma herança perdida e também não ganhei na megasena. Só resolvi dar uma passada por aqui e registrar que estou vivo, ainda.