terça-feira, 15 de maio de 2007

Não. Para mim foi apenas um escorregão. É o que eu acredito. Ela estava cansada. Andava muito cansada. O corpo cansado. Sua mente trabalhava demais e o corpo não acompanhava. Para mim ela teve um apagão. Segundos. Eu já tive vários apagões. Você tá alí, sentado bebendo, e o corpo resolve desligar. Não dá outra, você cai de cara no balcão. O corpo dela desligou. Ela não estava em uma mesa. Para mim foi isso, mas isso e eu, são as coisas que menos importam agora.